slider

Recent

Pesquisar no blog

Arquivo do blog

Quem somos?

Bem vindos ao site 100% focado no futsal amador. Fique por dentro de tudo o que acontece no salonismo extra-oficial de São Paulo!

Seguidores

Zona Sul

Zona Sul
Independente/Percilglass fatura a Copa dos Campeões FutLiga

Zona Norte

Zona Norte
Arsenal de Taipas é campeão da Copa Andorinha Hiper Center

Zona Leste

Zona Leste
Independente e Montasa decidem a Copa Zona Livre neste domingo
Menu

Rugine/Silvano é campeão da categoria Principal do Torneio Cruzeirão


Em uma das finais mais equilibradas dos últimos anos, o Supermercado Rugine / Sorvetes Movins / Silvano FS / Gardenal / Aços Nobre / Pizzaria Vergílio / Stylos Automóveis / Flora Parque conquistou o título da categoria Principal do 56º Torneio Cruzeirão de Futsal ao vencer de virada o Ressaka FC / Movins / Guimarães Contabilidade / Tecnoprint / Expresso Car / Rodrigão por 3 a 2. A partida foi realizada na noite desta sexta-feira (15), no Ginásio Municipal Dr. Gualberto Moreira, em Sorocaba.

Com maior entrosamento, já que conta com o elenco completo do São Paulo/São Bernardo, o Ressaka começou melhor e criando as primeiras grandes chances de abrir o placar. E a insistência foi premiada aos 6 minutos com um chute de fora da área de Pescoço, decretando o magro placar da primeira etapa.

No segundo tempo o panorama mudou. Empurrado por uma barulhenta torcida, o Silvano passou a ser mais perigoso no segundo tempo e mais uma vez pode contar com uma peça fundamental durante toda a campanha, o goleiro Pedro. Com apenas 18 anos, o jovem jogador praticou importantes defesas, impedindo que o Ressaka ampliasse e dando segurança para seus companheiros partirem ao ataque.

A mudança de postura deu resultado aos três minutos com Jeferson desviando chute de Bissoni para empatar. Cinco minutos depois, Diego, outro destaque do time, fez boa jogada individual e marcou um belo gol para virar a partida.

Além de não conseguir furar o bloqueio adversário, o Ressaka cometia muitas faltas e não demorou a cometer a sexta, o que acabou sendo fatal. Aos 13 minutos Diego se apresentou para a cobrança do tiro livre sem barreira. O goleiro Filó defendeu o chute e também o rebote, mandando para escanteio, mas após a cobrança, Diego desviou para o fundo das redes.

Com o placar desfavorável, o Ressaka passou a utilizar o goleiro-linha, mas a tática não surtiu efeito, O time ainda descontou com outro gol de Pescoço quando restavam 17 segundos para o fim, mas já era tarde, 3 a 2 placar final.

Fotos extras (clique na foto para ampliar):








Associar
Banner

Postar um comentário:

0 comments:

Seu comentário é importante. Esse é o espaço para você compartilhar conosco sua opinião. Evite comentários ofensivos.