slider

Recent

Pesquisar no blog

Arquivo do blog

Quem somos?

Bem vindos ao site 100% focado no futsal amador. Fique por dentro de tudo o que acontece no salonismo extra-oficial de São Paulo!

Seguidores

Zona Sul

Zona Sul
Independente/Percilglass fatura a Copa dos Campeões FutLiga

Zona Norte

Zona Norte
Arsenal de Taipas é campeão da Copa Andorinha Hiper Center

Zona Leste

Zona Leste
Independente e Montasa decidem a Copa Zona Livre neste domingo
Menu

Destaqui Panéis conquista o bicampeonato do Torneio Cruzeirão em Sorocaba


Pelo segundo ano consecutivo o título da categoria principal do 55º Torneio Cruzeirão de Futsal vai para as mãos do Destaqui Painéis / Baterias Líder /Berbel Segurança. Após um jogo bem disputado, com momentos de tensão e cheio de gols, o time bateu de virada o Independente / Percilglass de São Paulo por 6 a 2. A partida foi realizada nesta quarta-feira (16), no Ginásio Municipal Dr. Gualberto Moreira, em Sorocaba.

O jogo começou com as duas equipes sem querer saber de muita conversa e partindo para o que interessa. Pior para os goleiros, que tiveram uma carga extra de trabalho durante a noite. E quem primeiro teve a ingrata missão de buscar a bola no fundo das redes foi o Lucas, do Destaqui, após Thiago abrir o placar para o Independente aos 5’10.

A vantagem dos paulistanos durou até o final da primeira etapa, mas dois vacilos da defesa foram suficientes para o perigoso time do Destaqui virar o placar. Primeiro, aos 18’20, Bob deixou tudo igual. Um minuto mais tarde, após o Independente sair jogando errado, Nenê roubou a bola , deu um corte no marcador e fuzilou o goleiro Fernando.

A forte marcação exercida pelas duas equipes deixou o jogo faltoso e com isso, já na metade do segundo tempo, o Destaqui já estava pendurado com cinco faltas. Porém, que acabou ficando com um jogador a menos foi o Independente após a expulsão de Matheus.

Em vantagem numérica, o Destaqui passou a trabalhar a bola e quando restava pouco tempo para que o adversário tivesse novamente cinco atletas em quadra, chegou ao terceiro gol aos 32’20 com Felipe Baltazar.

Com pouco tempo para tentar levar ao menos o jogo para a prorrogação, o Independente colocou Cazuza como goleiro linha. A pressão da equipe aumentou e aos 37 minutos Thiago marcou mais um, diminuindo o placar para 3 a 2.

Este gol poderia acender de vez a equipe, que ainda a qualquer momento poderia sofrer a sexta falta e tentar o empate com um tiro livre sem barreira, mas ai aconteceram fatos lamentáveis que ceifaram as chances de reação do time de São Paulo.

Logo após um pedido de tempo, alguns jogadores do Independente começaram a bater boca com a comissão técnica do Destaqui. Por mais que a turma do “deixa disso” tentasse acalmar a situação, alguns jogadores estavam muito exaltados.

A partida foi paralisada por alguns instantes. Quando a situação aparentemente se acalmou o massagista Maurício e o pivô Felipe Valério, do Destaqui, além do técnico Carlos e do goleiro Fernandão, do Independente, foram expulsos. No entanto, a confusão continuou na porta dos vestiários, e a Guarda Municipal teve que intervir para evitar que os desentendimentos tomassem dimensões maiores.

Quando a bola voltou a rolar, o Independente sofreu com a ausência de seu arqueiro titular. O goleiro Lucas chutou de sua área, e Cazuza – que é jogador de linha – não segurou e a bola passou entre suas pernas. Era o quarto gol do Destaqui que praticamente assegurava o bicampeonato. Ainda deu tempo para Nenê e Waguinho também marcarem e decretar o placar em 6 a 2.

Fonte: Eduardo Gouveia/SuperFutebol

Fotos extras (clique na foto para ampliar):



Associar
Banner

Postar um comentário:

0 comments:

Seu comentário é importante. Esse é o espaço para você compartilhar conosco sua opinião. Evite comentários ofensivos.