slider

Recent

Pesquisar no blog

Arquivo do blog

Quem somos?

Bem vindos ao site 100% focado no futsal amador. Fique por dentro de tudo o que acontece no salonismo extra-oficial de São Paulo!

Seguidores

Zona Sul

Zona Sul
Independente/Percilglass fatura a Copa dos Campeões FutLiga

Zona Norte

Zona Norte
Arsenal de Taipas é campeão da Copa Andorinha Hiper Center

Zona Leste

Zona Leste
Independente e Montasa decidem a Copa Zona Livre neste domingo
Menu

Em jogo com final polêmico, Manguaça vence e fatura a Copa Rei Falcão

Com vitória por 4 a 3 sobre o Montasa Futsal, o Manguaça do Pq. Novo Mundo sagrou-se campeão da oitava edição da Copa Rei Falcão/Megasports de Futsal. A partida foi realizada no domingo 15 de dezembro no ginásio Vavá Sport Center II, na Vila Isolina Mazzei.

O Manguaça começou melhor e não demorou muito pra abrir o placar. Aos 4'56, Oreia recebeu passe de Butina, passou por Fabinho e chutou forte de bico para abrir o placar, 1 a 0.

Aos 6'16, Tom cobrou falta um pouco depois do meio da quadra, a bola deu um leve desvio em André Maluko e enganou o goleiro Diego, 2 a 0 Manguaça. O técnico do Montasa Marcos Maggi pediu tempo para tentar arrumar a casa, mas não resolveu muito.

Aos 7'41, o goleiro Luan arriscou um chute da sua área, a bola resvalou no goleiro Diego e foi indo em direção do gol, Diego Sol tentou afastar mas chutou em cima de Oreia que veio abafando e a bola entrou, 3 a 0.

O Manguaça ainda teve duas chances claras de ampliar, mas Diego interceptou com boas defesas. Depois o Montasa equilibrou a posse e começou pertubar o goleiro Luan também.

Aos 12'06, Wiliam fez boa jogada na ala esquerda e cruzou para área, a bola bateu na defesa e na sobra André Maluko marcou um golaço de cavadinha na saída de Luan, 3 a 1. Depois disso o Manguaça se postou na defensiva para explorar os contra-ataques.

A tática fez com que o Montasa exercesse uma pressão intensa. O goleiro Diego começou arriscar chutes de longe e deu muito trabalho ao goleiro Luan. Mesmo criando boas chances, o placar não foi mais alterado até o fim da etapa.

Na etapa complementar, o Montasa voltou na pressão e Diego continuou arriscando os chutes de longe. O Manguaça quase ampliou em duas oportunidades, mas Diego apareceu com boas defesas.

Aos 8'35, o próprio Diego defendeu lançamento de Luan, saiu jogando até a quadra adversária e acertou um belo chute no canto de Luan, 3 a 2. Aos 9'32, Garrinchinha cobrou lateral e Butina acertou uma pancada rasteira no canto indefensável para Diego, 4 a 2.

O Montasa continuou na pressão e começou usar ainda mais o goleiro Diego na quadra adversária fazendo a função de goleiro-linha. Aos 16'25, após troca de passes, Diego recebeu na ala esquerda e chutou forte no canto de Luan, 4 a 3.

O gol animou o Montasa que continuou com Diego no goleiro-linha. Aos 19'20, aconteceu o lance que gerou toda polêmica do jogo. Luan repôs a bola em jogo no arremesso de meta, Diego defendeu e lançou para o ataque com as mãos e a bola entrou.

O árbitro Fernando Cardoso apontou o meio da quadra assinalando o gol de empate do Montasa. Todos jogadores do Manguaça foram para cima do árbitro contestar a marcação do gol.

Poucos minutos depois ele resolveu voltar atrás e anulou o gol. A revolta passou para o lado do Montasa que também foi contestar a nova decisão. Como a decisão de anulação foi mantida, o Montasa decidiu abandonar a partidar por não concordar com a anulação do gol e a organização decidiu decretar vitória ao Manguaça e a torcida invadiu para comemorar.

O árbitro Fernando falou sua versão ao Futsal Amador: "Eu errei ter validado o gol, porque achei que tivesse tocado no jogador André. Não tocou, a bola foi direto e resvalou no goleiro."

Luan, que foi eleito o melhor goleiro da Copa também comentou sobre o jogo: "A partida foi boa. Final tem que ser assim emocionante. Graças a Deus nosso time conseguiu abrir uma vantagem no placar e conseguimos segurar, agora é comemorar". 

Ele também comentou sobre o gol anulado: "Faz parte, cada um defende o seu lado. De fato não sei o que aconteceu, mas agora o que vale é o título que fica ai."

Fernando Neves, presidente do Manguaça também falou ao Futsal Amador: "Estou muito feliz pelo título e acho que conseguimos alcançar o objetivo desse ano, que era colocar o Manguaça na elite do futsal extra-oficial de São Paulo. Ano que vem o objetivo será maior."

Com o título, a equipe do Pq. Novo Mundo conquistou o segundo título esse ano, o primeiro foi o da Super Copa Wimpro. Das 5 competições disputadas, ainda foi vice na Copa dos 10 Mil, vice na Copa Sportação Ouro na Basílica e na Copa CDM Congonhas saiu na primeira fase.

Nas premiações individuais o Manguaça levou dois troféus. Felipe Valério recebeu o troféu de Melhor Jogador da competição e Luan Muller o de Melhor Goleiro. O artilheiro foi Victor Valle do Catados com 11 gols.

O Manguaça do técnico Coruja, auxiliado por Fernando Neves foi campeão jogando com Luan, Marcelo, Felipinho, Rafa Del Rei, Tom, Butina, Garrinchinha, Felipe Valério, Wil, Fernando, Oreia, Rafael, Keké e Pitoko.

O Montasa do técnico Marcos Maggi foi formado com Diego Balbo, Alex, Lelo, William, Fabinho Monteiro, Diego Sol e André Maluko. 

A Copa Rei Falcão faz parte da Liga Paulista e está na sua oitava edição. Neste ano a competição começou em 6 de outubro e contou com a participação de 16 equipes. A organização foi de Jonas Futsal.

Fotos extras (clique na foto para ampliar):










Associar
Banner

Postar um comentário:

0 comments:

Seu comentário é importante. Esse é o espaço para você compartilhar conosco sua opinião. Evite comentários ofensivos.