slider

Recent

Pesquisar no blog

Arquivo do blog

Quem somos?

Bem vindos ao site 100% focado no futsal amador. Fique por dentro de tudo o que acontece no salonismo extra-oficial de São Paulo!

Seguidores

Zona Sul

Zona Sul
Independente/Percilglass fatura a Copa dos Campeões FutLiga

Zona Norte

Zona Norte
Arsenal de Taipas é campeão da Copa Andorinha Hiper Center

Zona Leste

Zona Leste
Independente e Montasa decidem a Copa Zona Livre neste domingo
Menu

Fênix Itaim é bicampeão da Copa Zona Livre

Apresentando um futsal competitivo e de altíssimo nível, o Fênix do Itaim Paulista sagrou-se campeão da Copa Zona Livre 2012. Com a conquista deste ano, a equipe da zona leste se iguala ao Bluval Futsal com 2 títulos da competição, pois também conquistou em 2005.

Todos os jogos da Copa Zona Livre aconteceram nos ginásios Presidente Ciro I e II, na Federação Paulista de Futsal e a grande final aconteceu no ginásio II, neste domingo 15 de abril. Como era de se esperar, a decisão diante do Xis Futsal de Osasco não foi nada fácil.

O Fênix começou melhor e criou boas oportunidades de gol desperdiçadas por Garrinchinha. O Xis equilibrou o jogo e aos 6’46, Buiu roubou a bola de Garrinchinha lançou Polegar que cruzou para Luizão Pivô abrir o placar, 1 a 0.

Depois do gol, o jogo ficou bem movimentado com boas chances de gol para ambos os lados, com os goleiros Fuccho e Lucas fazendo ótimas defesas. Aos 18’27, Capitão tabelou com Garrinchinha e tocou na saída de Lucas, a bola ainda desviou no goleiro mas morreu dentro do gol, 1 a 1 placar final da primeira etapa.

No segundo tempo, o Fênix voltou pressionando criou mais chances. Logo no início, Luizão Pivô errou um passe e Weverson acertou a trave de Lucas, na sequência da jogada, Capitão bateu e Lucas fez uma bela defesa.

Aos 6’05, Boy erra um lançamento, e no contra ataque Weverson achou Esteves no fundo que cruzou no segundo pau para Tiago Cabeça virar o jogo, 2 a 1. O Xis sentiu o gol e o Fênix começou criar boas jogadas. Weverson por pouco não ampliou em chute cruzado que acertou a trave de Lucas.

Faltando 5 minutos para o término da partida, o técnico Serginho do Xis colocou Renato na função de goleiro-linha. Logo na sequência, Boy que entrou na função no lugar de Renato. Mesmo assim a tática não surtiu muito efeito e o placar permaneceu inalterado até o término da partida, 2 a 1 placar final.

A campanha do Fênix é incontestável. Estreou goleando o Vira Latas/Lenapack por 8 a 2 e depois aplicou 12 a 3 no GR Contabilidade Paes. Na segunda fase goleou o Sindusfarma por 7 a 0, venceu o Independente/Percilglass nos pênaltis após empate de 1 a 1 e o Nada Consta por 3 a 1. Na semifinal aplicou uma sonora goleada no Vasquinho da Brasilândia, 6 a 0. Ao todo marcou 39 gols e sofreu 8.

Já o Xis venceu o CA São Jorge por 3 a 0, goleou o Pânico/Montasa por 6 a 0, venceu o ADC Viracopo por 3 a 1, o Amigos Para Sempre também por 3 a 1, aplicou 4 a 2 no Tradição de Itaquera e na semifinal venceu o Okinawa/Carrão por 2 a 0. Ao todo marcou 22 e sofreu apenas 6 gols.

Vagner Nascimento da Silveira do Paparazzo, Weverton Nascimento Morais (Garrinchinha) do Fênix e Wallace Barbosa dos Santos levaram troféu de artilheiros da competição. O goleiro Lucas do Xis Futsal ficou com o troféu de defesa menos vazada. Vasquinho da Brasilândia ficou com a terceira colocação, Okinawa/Carrão em quarto e o Aliança Barueri levou o troféu de melhor torcida.

Além do troféu de campeão, o Fênix ficou com o troféu transitório da Copa, que ficará definitivamente com a equipe que conquistar o título por três vezes.

A Copa Zona Livre é uma competição do calendário de eventos da Liga Paulista e é organizada por Top Graco Empreendimentos Esportivos.

O Fênix do técnico Daniel Reis, auxiliado por Alexandre Boniolo foi formado com Fuccho, Thiago, Capitão, Tiago Cabeça, Garrinchinha, Serginho, Jorge Matheus, Weverson, Alakis, Felipe Valério, Gabriel, Léo Bueno, Nenê e Esteves.

O Xis Futsal do técnico Sérgio Ricardo Oliveira da Costa (Serginho) jogou com Lucas, Polegar, Luizão Pivô, Buiú, Boy, Morcego, Zóio, Adriano, Boca, Alexandre, Renato, Alessandro, Thiaguinho, Rogério Japa e Caio.

A arbitragem ficou à cargo de Nilson Carlos R. do Nascimento e Rogério de Oliveira Brechuca, com Adilson Batista da Silva de Anotador e Airton de Vasconcellos de Cronometrista.

Associar
Banner

Postar um comentário:

0 comments:

Seu comentário é importante. Esse é o espaço para você compartilhar conosco sua opinião. Evite comentários ofensivos.