slider

Recent

Pesquisar no blog

Arquivo do blog

Quem somos?

Bem vindos ao site 100% focado no futsal amador. Fique por dentro de tudo o que acontece no salonismo extra-oficial de São Paulo!

Seguidores

Zona Sul

Zona Sul
Independente/Percilglass fatura a Copa dos Campeões FutLiga

Zona Norte

Zona Norte
Arsenal de Taipas é campeão da Copa Andorinha Hiper Center

Zona Leste

Zona Leste
Independente e Montasa decidem a Copa Zona Livre neste domingo
Menu

Nos pênaltis, Guarany fatura seu décimo título do Cruzeirão

Pipocas Clac/AD Votocel e Guarany FS/Matielli fizeram terça-feira (19/04), no Ginásio Municipal Dr. Gualberto Moreira, em Sorocaba, uma final à altura de suas tradições e também à altura da tradição do Torneio Cruzeirão. Após ter o jogo na mão, mas ver a reação dos votorantinenses, que empataram nos instantes finais, o Bugre se deu melhor nas cobranças de penalidades e no ano de seu cinqüentenário conquistou seu décimo título da competição. Com 13 títulos em quadra e um duelo cheio de história, a decisão do 52º Cruzeirão contou com a presença de um excelente publico, que tomou todos os lugares do GME. Dentro das quatro linhas o que se viu foi um duelo bastante equilibrado, tendo de um lado o experiente time da AABB de São Paulo, defendo o Guarany, e do outro uma jovem equipe cuja base era formada por jogadores de Sorocaba e Votorantim sob o comando do técnico Vitor Mosca, que chegava a sua segunda final consecutiva. 

A partida começou com a Pipocas no ataque e já criando boa chance de gol antes do primeiro minuto. O Bugre, por sua vez, tocava a bola, esperando a melhor oportunidade. Apesar do time de Votorantim ter mais presença na quadra adversária, quem saiu na frente foi o Guarany quando aos nove minutos o goleiro Bill se adiantou para abafar um contra-ataque, mas acabou deixando sua meta desguarnecida e a bola sobrou para Tetê, que sem ninguém à sua frente só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e abrir o placar.

Veio o segundo tempo e o título do Guarany começou a ficar mais perto da conquista aos cinco minutos, quando Felipe Melo apareceu para fazer 2 a 0. Sem desanimar e empurrado por sua animada torcida, o Votocel iniciou uma grande pressão, mas arriscava muitos chutes de fora da área, que por diversas vezes passava longe da meta defendida por Bagé. Com o tempo sendo seu grande inimigo, o técnico Vitor Mosca colocou Ricardinho para fazer a função de goleiro-linha, mas a situação pouco mudou, até que faltando três minutos para o encerramento, quando parte do público começava a deixar o ginásio, Daniel cometeu pênalti em William Negão. KLB se apresentou para a cobrança e diminuiu, pondo fogo no jogo. Um minuto depois, Daniel Oreia apareceu e deixou tudo igual. O público que estava saindo começou a voltar para dentro do ginásio. 

Na prorrogação o ritmo do jogo seguiu alucinante, com chances de gol para ambos os lados. Nos últimos instantes Bagé lançou uma bola com as mãos e ela foi para dentro do gol da Votocel. O time do Guarany queria a confirmação do tento, alegando ela havia desviado em algum jogador, mas o jogo seguiu. 

Veio as penalidades e após cada time converter sua primeira cobrança, Cris acertou a trave, desperdiçando o segundo chute do Guarany. O Votocel ficou em vantagem até sua última cobrança, quando Ricardinho bateu e Lucas – que para a decisão de tiros livres entrou no lugar de Bagé -, fez excelente defesa. Nas cobranças alternadas, Felipe converteu para o Guarany e Willian Negão acabou desperdiçando a do Votocel. Dessa forma, o Bugre fechou a série em 5 a 4 e comemorou seu décimo título em quase cinquenta anos de história. 

Ficha Técnica:
Guarany: Bagé, Bigão, André, Cris e Martin, Felipe Melo, Wesley, Daniel, Tetê, Felipe, Felipinho, Lucas e Rafael. Técnico: Kazu 
Pipocas Clac: Bill, Elder, Ricardinho, Willian Negão, Flavinho, Batata, Serginho, Daniel Oreia, Edgar, KLB e Guilherme. Técnico: Vitor Mosca.

Informações e fotos: Eduardo Gouvea/Foto10

Associar
Banner

Postar um comentário:

0 comments:

Seu comentário é importante. Esse é o espaço para você compartilhar conosco sua opinião. Evite comentários ofensivos.